• Alameda Jaú, 1754 - 08º e 09º | Jardim Paulista, São Paulo – SP - Telefone: + 55 (11) 3995-8160

Compliance: por que esse conceito é importante na contabilidade

Compliance: por que esse conceito é importante na contabilidade

Compliance: por que esse conceito é importante na contabilidade 1250 834 Bluke

Volta e meia, surge em nossas linhas do tempo, nas redes sociais da vida, algum termo novo e que, de fato, é muito importante de se compreender. Geralmente, esse termo é em língua inglesa, pois a tecnologia encurtou tanto o espaço e o tempo que os conceitos chegam ao nosso país em sua forma original e só depois são abrasileirados e adaptados à nossa realidade.

Um desses conceitos superimportantes que perambula pelos mais meio corporativo mundo afora é o Compliance. Esse é um termo tão forte que vem furando a bolha do mundo empresarial e ganhando destaque até mesmo em mídias tradicionais e com um público mais abrangentes.

No entanto, você saberia explicar o que realmente compõe esse conceito? É uma teoria? Um manual para o sucesso? Uma fórmula do êxito? Se você de fato quer entender o que é Compliance e qual a sua importância para o setor contábil, fique com a gente e confira o artigo logo a seguir. Acompanhe:

Afinal, o que é Compliance?

Em inglês, to comply significa estar de acordo com determinada regra ou lei. Já Compliance, significa, literalmente, Conformidade. Essas duas definições por si só já são capazes de nos dar uma dica valiosa sobre o conceito em questão.

Em geral, quando estamos tratando de Compliance, nos referindo a conduta que uma empresa toma face a determinada região, país, estado ou município no qual está inserida. Isso vale tanto para leis fiscais e ambientais, quanto para as normas dos órgãos reguladores da região.

Além disso, a submissão às leis do país em questão precisa ser feita não só pela empresa administração das operações, mas também por toda cadeia envolvida com o negócio. Isso passa pelos funcionários e chega a bater até mesmo na porta dos fornecedores e demais parceiros financeiros.

Por ser tão abrangente assim, é muito comum que o conceito Compliance venha sempre acompanhado de outro substantivo, tais como: Compliance Ambiental, Compliance Trabalhista, Compliance Operacional, Compliance Financeiro e o mais popular Compliance Contábil.

O que um Compliance estruturado tem a dizer sobre as empresas?

No século da informática, uma das qualidades mais significativas para os clientes do século XXI é, sem dúvida nenhuma, a transparência.

Com cada vez menos transações físicas, com o uso e o abuso da internet para toda e qualquer tipo de negociação, a transparência é a joia da coroa de qualquer negócio de sucesso, e uma vez que as empresas a alcançam, nunca mais querem perdê-la.

Além de demonstrarem e comprovarem sua transparência, as empresas em Compliance também deixam transparecer o profundo domínio sobre procedimentos e processos pertinentes a seus negócios. Este status eleva uma empresa do estado de desconfiança para a conformidade em aspectos como:

  • Administrativa;
  • Política interna;
  • Contratual;
  • Homologação de fornecedors;
  • Etc.

Por que o conceito de Compliance é tão importante na contabilidade?

Mal nasce e o conceito de Compliance, está ótica já tem uma relação quase que intrínseca com a contabilidade. Isso porque as duas ciências quase que se entrelaçam. Desse modo, o Compliance Contábil pressupõe que todos os registros contábeis estejam transparentes, com apuro e de acordo com as normas vigentes, legais ou institucionais.

Dê mais fôlego para o seu time de RH. Conheça o nosso BPO especializado em contabilidadePowered by Rock Convert

Assim, esse estado de conformidade é alcançado quando uma empresa cumpre com afinco as regras contábeis que recaem sobre ela, tais como:

  • Emissão e análise de relatórios;
  • Escrituração de atos;
  • Documentação de fatos ocorridos;
  • Apuração dos impostos;
  • Coleta de dados e informações;
  • Monitoramento de datas;
  • Entre outras.

No entanto, sabemos que no Brasil as normas que mais geram dor de cabeça para as empresas de contabilidade são as Normas Brasileiras de Contabilidade (NBC) e os padrões de certificação da International Organization for Standardization (ISO).

Contudo, é importante salientar que o foco em apenas solucionar os trâmites fiscais e normativos ficou para trás. O Compliance Contábil se expandiu com o passar dos anos e passou a atender até mesmo processos de administração e análises de riscos, além de também registrar auditorias.

Quais são as vantagens de um Compliance Contábil?

Além das supramencionadas transparência e credibilidade, um Compliance contábil pode oferecer as seguintes vantagens para a sua empresa:

Maior alcance da marca

Como uma coisa gera a outra e o movimento nunca cessa, a credibilidade oriunda de um eficaz Compliance Contábil pode aumentar a visibilidade de sua marca e expandir os horizontes do seu negócio, como nunca antes visto.

Essa honestidade carimbada é um trunfo no meio de tantas negociatas tortas e obscuras que permeiam todos os setores da sociedade brasileira. Ela é uma demonstração de confiança, uma das moedas mais valiosas no mercado atual.

Aumento da produtividade dos colaboradores

A princípio, é possível estranhar essa afirmação, mas vamos logo mostrando o porquê que é verdadeira. Perceba: em um Compliance bem desenvolvido e disseminado entre os colaboradores de uma empresa, esses mesmos profissionais estarão por dentro de todas as ideias que acompanham esse conceito.

Sendo assim, grande parte dos procedimentos administrativos ganharão novas abordagens, muito mais ágeis e eficazes, padronizando e otimizando o tempo de trabalho.

Isso ocorre por conta daquela velha máxima brasileira “Informação é poder”. Desse modo, quanto mais detalhado e aprimorado for um procedimento, menos erros e equívocos serão cometidos.

Estenda-se isso para todos os setores da empresa e pronto: teremos um efeito dominó de otimização e aumento da produtividade, com um resultado final muito maior do que o esperado.

Melhora da saúde financeira

Esse é um dos benefícios observados quase que imediatamente à implementação de um Compliance Contábil. Um dos motivos é o simples acúmulo de informações e dados que, uma vez organizados, podem oferecer melhores tomadas de decisões, por parte dos gestores financeiros.

Parece simples, mas um mero gargalo identificado com eficiência pode salvar o caixa de uma empresa de se meter em uma verdadeira bola de neve financeira. E obter os relatórios contáveis por meio de um Compliance é perfeito para identificar desde o mais simples até o mais complexo obstáculo.